gdal

Instalando o gdal no Linux

sudo apt install gdal-bin

Exemplos de uso do gdal.

1 Convertendo um arquivo NetCDF para o formato binário.

  • Criar o arquivo descritor (ctl) com o cdo:

cdo gradsdes input.nc

Será criado o arquivo input.ctl. O input.nc é o seu arquivo NetCDF.

  • Gerando o binário a partir do NetCDF. Não esquecer de editar o .ctl para abrir corretamente o seu binário.

gdal_translate -of ENVI input.nc output.bin

2 Convertendo um arquivo NetCDF para o formato tif.

gdal_translate -of GTiff -a_srs EPSG:4326 input.nc output.tif

3 Convertendo um arquivo no formato tif para NetCDF.

gdal_translate -of netcdf -co "FORMAT=NC" input.tif output.nc

4 Convertendo um arquivo no formato NetCDF para o formato tif e compacta o arquivo (no sentido de reduzir o tamanho ocupado em disco pelo tif).

gdal_translate -of GTiff -a_srs EPSG:4326 -co TILED=YES -co COPY_SRC_OVERVIEWS=YES -co COMPRESS=LZW input.nc output.tif

5 Convertendo um arquivo shapefile para NetCDF.

gdal_rasterize -burn 1 -of netCDF -a_nodata -999 -a_srs epsg:4326 -tr 0.01 0.01 input.shp output.nc

Onde: -of = formato de interesse, -a_nodata = valor UNDEF de interesse, -a_srs epsg = tipo de projeção e -tr = resolução de interesse, nesse caso, 1km.

6 Juntando arquivos tif.

O objetivo consiste em unir (gdal_merge.py) dois arquivos, o VENTO.U10M.GFS.ANL.2020070118.tif e o VENTO.V10M.GFS.ANL.2020070118.tif.

A ordem de disposição dos arquivos é importante. Ao gerar o VENTO_UV.tif, a variável Band 1 corresponde a componente u e Band 2 a componente v.

gdal_merge.py -separate -o VENTO_UV.tif VENTO.U10M.GFS.ANL.2020070118.tif VENTO.V10M.GFS.ANL.2020070118.tif

Onde: VENTO_UV.tif é o arquivo com as duas variáveis. Esse nome é definido pelo usuário.

Basta digitar o comando abaixo para ver o conteúdo do arquivo VENTO_UV.tif.

gdalinfo VENTO_UV.tif